quinta-feira, 3 de março de 2016

A boca da noite - Jorge da Paixão



A boca da noite (polissemia)
Autor: Jorge da Paixão  

Chegou a boca da noite,
com o Sol se despedindo....
As cigarras cantando....
As estrelas sorrindo....
Os morcegos voando....
As corujas rugindo....
A lua cheia iluminando,
no horizonte surgindo....
Os vaga-lumes piscando

e o orvalho caindo....

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Carta para Otavinho - Isabel Lopes

São Paulo, 9 de agosto de 2018. Querido Otavinho, Vou lhe contar um segredo, mas não conte para ninguém, por favor... ...