sexta-feira, 18 de setembro de 2015

CONTOS INACABADOS -JORGE PAIXÃO


O vizinho inoportuno
Jorge  Paixão

A rua onde moro sempre foi muito tranquila, muita paz e união entre
os moradores. Mas certo dia mudou-se para lá uma pessoa que
veio ser meu vizinho. Ele é um senhor careca, banguela e gosta muito
de sorrir, seu nome Herculano Caçapava.

Ele só chega em casa tarde da noite com o farol do carro bem alto e o som naquelas alturas. Senta-se numa mezinha de plástico vermelha e fica enchendo a cara de cerveja acompanhado de outros amigos que aparecem por lá. Não  respeita a lei do silêncio e se alguém reclamar ele aumenta o volume e diz que é para ninar os vizinhos .

Minha vida virou um inferno com esse elemento ao meu lado, para dormir agora tenho que tapar os ouvidos com rochas de cortiça...







Zequinha do Dr. Tadeu
Jorge Paixão

Zequinha filho do Dr. Tadeu, não gosta muito de estudar. É perito em jogar Game na internet. Por conta disso só tira notas baixas na escola.


Outro dia quando chegou em casa, sua mãe dona Epifania, lhe colocou de castigo trancado no  quarto para estudar sozinho. Mas, em vez de estudar ele ficou na janela  olhando e contando as andorinhas que pousavam no fio de telefone da frente da casa. Anotava num caderno e mostrou a sua mãe,  dizendo serem problemas de matemática que ele tinha resolvido. Ela então sorriu feliz e disse a ele que quando seu pai chegasse iria mostrar a resolução de matemática para ele ver que tem um filho aplicado nos estudos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A ÚLTIMA CENA - Isabel Lopes

A ÚLTIMA CENA Isabel Lopes O destino, esse brincalhão, parecia não se cansar de empurrar Jandira por caminhos controversos....